Endometriose e gravidez

Pois muita gente me pergunta quais os efeitos da gravidez na endometriose e vice-versa.
Teoricamente, durante a gravidez a endometriose entra em estado de latência, ou seja não se espalha nem aparecem novos focos e muitas mulheres falam num decréscimo de dor, sem período as dores associadas a essa altura não se fazem sentir.

Mesmo antes do diagnóstico tinha uma dor na região abdominal inferior sempre que fazia pressão, com a gravidez desde o início a dor intensificou, pior nalgumas posições, a rir à gargalhada, a tossir e às vezes só porque sim me dói muito mais.

Deduzo que o mais provável seja um foco que era demasiado pequeno para se ver, talvez tenha aumentado com as hormonas dos tratamentos e agora com o crescimento do útero que faz pressão em tudo e o alongamento dos ligamentos fará mais mossa...

Não é algo incapacitante mas, se numa gravidez dormir se vai tornando complicado pela falta de posição, esta dor implica ainda maior minúcia para encontrar uma posição confortável em que não tenha dores...

Agora para que fique claro, gravidez NÃO cura endometriose!


Concurso de fogo-de-artifício


Esta sexta que passou começou o concurso, na praia de Scheveningen em Haia. À última hora decidimos ir e ainda bem...
Ora a praia estava cheia de gente que escavou sofás na areia (nunca tinha visto em Portugal), nós contentámo-nos a sentar na areia, mas os vizinhos do lado não ficaram para o segundo espectáculo e nós tomámos o sofá deles e devo dizer que é muito confortável...

Adoro fogos e adorei este.. Primeiro foi da Holanda e depois da Polónia, gostei mais do da Polónia... Veremos quem ganha, mas dada a distância não vamos ver os países todos que participam. Portugal é no próximo sábado, força Portugal!

Todas as fotografias são da minha autoria.







Boy or girl?


Pois é... vamos ter uma menina... Na ecografia tudo está dentro dos valores normais, dentro das médias e isso é muito bom.

Ovos holandeses contaminados com fipronil

Começou com um lote contaminado, passou a uma segunda lista não recomendada a crianças e agora há uma terceira lista com quantidades vestigiais que abrange uma grande maioria dos ovos. Os ovos pertencentes a esta última lista podem ser consumidos não apresentando valores tóxicos. No entanto, estando grávida, decidi deitar os meus ovos fora porque não sei as repercussões que poderá ter num feto.
Eu sei que provavelmente me fartei de comer ovos contaminados. Na Bélgica já havia indicações de que assim era desde Junho e estava em curso uma investigação. O que aconteceu é simples, uma empresa que fornece químicos para tratar de pragas (neste caso piolhos das galinhas) lançou no mercado um novo fármaco que teoricamente não continha na  composição fipronil e tinha maior taxa de sucesso do que outros fármacos.
Veio-se a comprovar que fipronil está de facto presente nesse fármaco e a empresa que vende este produto está a ser processada. Os produtores devem sair ilesos, fora as perdas gigantescas por causa desta questão, porque supostamente o fármaco estava dentro das normas europeias...



Cara de paisagem

Tenho visto vários vídeos, partilhados comigo, sobre treinar a cara de alface ou cara de paisagem quando as pessoas dão palpites sobre a gravidez.

Apenas tive de me chatear uma vez porque me perguntaram se andava melhor dos enjoos e a resposta foi que continuava a ser uma chatice. Perante a minha resposta levei com "olha quiseste engravidar não te queixes" e a minha resposta foi que quem não quer saber não pergunta e dei um exemplo de algo que aconteceu com ela em que ela também se queixou apesar de ter sido algo que quis muito, foi remédio santo, continua a perguntar como estou mas nunca mais mandou bocas.

Fora isso já me falaram de partos e afins mas sempre numa dinâmica muito boa, nunca com sentimento de impor o que seja mas com o intuito de dizer que é diferente para toda a gente e que a melhor solução é aquela que me faça sentir melhor...

Até agora todas as minhas amigas quer de portugal que da Holanda têm sido super queridas e têm contribuindo com histórias sempre de forma positiva, informativa, sem impor nada mas para saber que cada caso é diferente e o que funcionar para mim será o melhor e que todas somos diferentes.


Manutenção automóvel

Não sou a maior conhecedora de carros do mundo mas tenho alguma sensibilidade para saber que algo não está bem com o meu carro.
Há uns tempos levámos o carro para a revisão e pedimos para ver os pneus e alinhamento da direcção, porque me parecia que um pneu estava mais gasto que os outros e a direcção descaía para a direita (sempre para a direita, até era preciso fazer força no volante).
O mecânico trocou os pneus da frente para trás e a direcção melhorou mas não ficou boa e disse inclusive que todos os pneus aguentavam pelo menos mais um ano.
A direcção continuava mal e eu continuava achar que um dos pneus estava em pior estado. Fora isso colocou os melhores pneus à frente e eu tinha ideia que essa não era a melhor opção.

Não sabendo muito de carros perguntei a um amigo, ele lá me disse que os melhores pneus são sempre atrás (como achava e como outros amigos me disseram posteriormente)except raras excepções e que poderia ver o perfil colocando uma moeda de 1€ e comparando (ideia fácil e prática). Ora o pneu traseiro do lado direito tinha metade do perfil do traseiro esquerdo. Como é que o mecânico me disse que estava tudo bem????

Fui a outra garagem, mandei vir pneus novos e pedi que trocassem os pneus de trás pelos novos. Colocaram os pneus novos à frente. Aqui as pessoas ainda acham que se um carro tiver tracção dianteira os melhores pneus devem ser colocados à frente, esta ideia é errada.

Voltei lá, pedi para colocar os melhores pneus atrás e pedi para fazer um alinhamento com o computador porque o carro ainda descaía para a direita.

Está mil vezes melhor!!! Já se consegue deixar o volante sem este ir para a direita, mas eles continuam a achar que eu sou uma parva ignorante por querer os melhores pneus atrás (mesmo tendo enviado vídeos como este em baixo e conselhos de vários sites incluindo da Michelin).